Cia de Dança Robson Correia celebra 15 anos e promove uma série de atividades artísticas em Salvador

CONFIRA A PROGRAMAÇÃO DA CIA DE DANÇA ROBSON CORREIA:

 

DATA:

  • 01/11/2019 a 30/11/2019 – Passos da Cia/ Um Olhar Sobre a África
  • 20/11/2019 e 21/11/2019 – 3D- Dança em Dose Dupla
  • 18/11/2019 a 24/11/2019 – Beirú das Artes Negras
  • 20/12/2019 – 15 x 15

 

LOCAL: 

  • Passos da Cia/ Um Olhar Sobre a África – Espaço Xisto Bahia
  • 3D- Dança em Dose Dupla – Sala do Coro do Teatro Castro Alves
  • Beirú das Artes Negras – CEIFARA/ Centro de Integração Familiar (Apresentações artísticas), Mesas (Colégio Estadual Helena Magalhães)
  • 15 x 15 – Espaço Xisto Bahia

 

Um conjunto de atividades artísticas, que integra o Projeto em Celebração, marca os 15 anos de existência da Cia de Dança Robson Correia. O grupo, que está debutando este ano, traz para a cena cultural de Salvador, uma programação diversificada que inclui aulas públicas, exposições fotográficas e espetáculos de dança.

Em novembro, mês em que se celebra a consciência negra, a companhia promove um leque de atividades que tem como evidência a cultura afro diaspórica, a qual a Cia se debruça a pesquisar no programa de pós graduação da Universidade Federal da Bahia ( UFBA).

  • Passos da Cia/ Um Olhar Sobre a África

Durante o mês de novembro, de 01 a 30, na galeria do Espaço Xisto Bahia, com visitação gratuita, das 9h às 22h, fica em cartaz a exposição Passos da Cia – Um olhar sobre a África. A mostra fotográfica reúne inúmeras fotos que mostram a turnê da companhia no Continente Africano, quando participou do Festival das Divindades Negras, em Lomé, capital de Togo.

  • 3D- Dança em Dose Dupla

Nos dias 20 e 21 de novembro mês os bailarinos da Cia de Dança Robson Correia sobem ao palco da Sala do Coro do Teatro Castro Alves (TCA), para mostrar em uma só noite 02 espetáculos, a magia das obras Homens de Ogum e Leque de Oxum. Serão apresentadas as coreografias montadas a partir da inspiração nas histórias de divindades africanas, que representam o ferro e a indústria; e as águas doces, respectivamente.

  • Beirú das Artes Negras

No período de 18 a 24 de novembro, a Cia. de Dança realiza o Festival Beirú das Artes Negras, uma iniciativa que envolverá grupos artísticos de Dança, Teatro, Música, Artes Plásticas, Capoeira, Percussão, Performance e produção vídeo documentário, presentes em 22 bairros da capital baiana. O festival será realizado em escolas públicas e os grupos selecionados para o festival receberão um prêmio no valor de R$ 500,00.

Em Dezembro

    15 x 15

Para fechar o ciclo do Projeto Em Celebração, que comemora os 15 anos de atividades artísticas, a Cia de Dança Robson Correria fará uma intervenção artística no Espaço Xisto Bahia, no dia 20 de dezembro, às 20h, apresentando 15 solos, com uma performance alusiva a cada ano de existência do grupo.

Ainda em dezembro, ocorrerá a exposição Passos da Cia – Em Celebração, uma mostra de imagens de todo o repertório coreográfico da companhia, que é composto por 10 espetáculos, além de fotos inéditas do espetáculo Bárbaras Mulheres de Oyá, que está em processo de montagem, com estreia prevista para o primeiro semestre de 2020.

Quem for conferir a exposição de fotos, que ficará em cartaz de 03 a 20 de dezembro, no Espaço Xisto Bahia, será convidado a votar na foto de divulgação do novo espetáculo: Bárbaras Mulheres de Oyá, inspirado na divindade africana feminina, que representa os ventos, raios e trovões.

PARA MAIS INFORMAÇÕES CONTACTAR:

Robson Correia Tel: (71) 93726503

Alice Rodrigues Tel: (71) 981073633

Email: ciadedancarobsoncorreia@yahoo.com.br

 

 

filhosdomundo

Kirimurê - significado - Conta á lenda tupinambá que uma ave partiu de terras muito distantes e voou incansável, dias e noites sem parar, até alcançar o litoral de uma terra imensa e bela, onde pousaria. Mas, cansada do grande esforço empreendido na longa viagem, a ave não resistiu e caiu ali já morta.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *