3° Fórum Negro de Arte e Cultura abre chamada para envio de pesquisas

O 3º Fórum Negro de Artes e Cultura Cênicas (FNAC) abre convocatória até 28 de fevereiro para pesquisadoras/es de Graduação e Pós-Graduação de artes e culturas negras, assim como artistas que atuam fora da universidade para apresentarem seus processos artísticos, do Brasil e do exterior, para participarem da Roda de Pesquisadoras/es, que ocorre no dia 19 de março, das 10 às 12h, e no dia 20 de março, das 14h às 16h, no Instituto de Humanidades, Artes e Ciências Professor Milton Santos. Interessados deverão enviar um resumo expandido para o e-mail inscricoesfnac@gmail.com. Demais informações estão disponíveis no site do evento www.even3.com.br/FNAC. Pesquisadoras/es terão 15 minutos para apresentarem suas pesquisas negrorreferenciadas em forma de comunicação oral ou experimentação prática. A lista dos trabalhos aprovados pela Comissão Científica será divulgada no mesmo a partir do dia 01 de março. A Carta de Aceite será enviada pela coordenação para o e-mail das/os contempladas/os. Os coordenadores das Rodas de Pesquisadoras(es) são a professora Mabel Freitas (Doutoranda – UFBA) e o professor doutor Stênio Soares (Docente da UFBA).

FNAC

Em 2019, o Fórum Negro de Artes e Cultura (FNAC) chega a terceira edição e será realizado de 18 a 22 de março em vários pontos da UFBA e traz como temática Xirê dos saberes: (Re) Conhecer, Existir, uma relação à festa pública do Candomblé, onde os Orixás são homenageados ao mesmo tempo. O fórum explorará a multiplicidade de saberes afros em diversas perspectivas, tanto nas artes, quanto na filosofia e outras linguagens. Deflagrado em 2017, pela Escola de Teatro, emerge de uma insatisfação coletiva – dos estudantes da graduação, estudantes da pós-graduação e alguns professores engajados – referente ao recalcamento dos conhecimentos afro-referenciados na Universidade Federal da Bahia e práticas de um racismo institucional em suas instâncias. Nesta terceira edição, o Fórum contará com várias ações durante os cinco dias de evento, como oficinas, conferências, ciclos de leituras dramáticas, Feira Afro, exposição de trabalhos acadêmicos, mesas de discussão, painéis de artes, cinema negro e lançamentos de livros. A homenagem desta edição é os 75 Anos do Teatro Experimental do Negro, de Abdias Nascimento, que ocorrerá no dia 22 de março, com o performer Milsoul Santos do Instituto de Pesquisas e Estudos Afro Brasileiros (IPEAFRO), do Rio de Janeiro. As inscrições para participar destas ações ocorrerão pelo site https://www.even3.com.br/FNAC. Já o credenciamento presencial para o FNAC ocorrerá no dia 18 de março, das 08h às 16h, no Foyer do Teatro Martim Gonçalves, mediante a doação de 1kg de alimento. O 3° Fórum Negro de Artes e Cultura (FNAC) é uma realização da Escola de Teatro , do PPGAC, com o apoio da Pró-Reitoria de Ações Estudantis, da Pro-Reitoria da Universidade Federal da Bahia, da FUNCEB e tem a coordenação de Alexandra Dumas, Licko Turle e Stênio Soares. O PPGAC também apoia financeiramente o FNAC. Nesta edição, o Fórum conta com a parceria da Escola de Dança, Escola de Belas Artes, Escola de Música, a Faculdade de Comunicação (FACOM), o Instituto de Humanidades, Artes e Ciências Professor Milton Santos (IHAC), do Instituto de Filosofia. A produção é de Luiz Antônio Sena Jr, da DAGENTE Produções.

 

FONTE: EVEN3

filhosdomundo

Kirimurê - significado - Conta á lenda tupinambá que uma ave partiu de terras muito distantes e voou incansável, dias e noites sem parar, até alcançar o litoral de uma terra imensa e bela, onde pousaria. Mas, cansada do grande esforço empreendido na longa viagem, a ave não resistiu e caiu ali já morta.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *